Created with Sketch.
Transportes - Linhas férreas

Linha do Minho – Novo projeto de duplicação do Troço Contumil-Ermesinde

Created with Sketch.
Transportes - Linhas férreas

Linha do Minho – Novo projeto de duplicação do Troço Contumil-Ermesinde

Created with Sketch.
Transportes - Linhas férreas

Linha do Minho – Novo projeto de duplicação do Troço Contumil-Ermesinde

Created with Sketch.
Transportes - Linhas férreas

Linha do Minho – Novo projeto de duplicação do Troço Contumil-Ermesinde

Created with Sketch.
Transportes - Linhas férreas

Linha do Minho – Novo projeto de duplicação do Troço Contumil-Ermesinde

Created with Sketch.
Transportes - Linhas férreas

Linha do Minho – Novo projeto de duplicação do Troço Contumil-Ermesinde

SOBRE

A duplicação do troço Contumil-Ermesinde revelou-se um projeto onde o detalhe e a coordenação foram determinantes.

O alargamento da plataforma ferroviária no trecho localizado entre estações de Contumil e Ermesinde, com cerca de 7,5Km de extensão, faz parte do plano estratégico de investimentos da Infraestruturas de Portugal no sentido de descongestionar este troço ferroviário, com forte tráfego suburbano e de mercadorias e segregar os movimentos da Linha do Douro e do Minho que, atualmente, partilham a mesma plataforma.

O direito de via para o presente alargamento encontra-se bastante limitado pela proximidade de edificações ao longo de quase todo o traçado. Tal implica uma parcela elevada de expropriações, com demolição de construções, e com a necessidade de estruturas de contenção e de estabilização de taludes.

A Estação de Rio Tinto e o Apeadeiro de Águas Santas serão totalmente remodelados para acomodar as duas novas linhas e para serem dotados de equipamentos e serviços modernos e funcionais e ainda assegurar uma melhor acessibilidade às plataformas e melhorar a conexão entre as margens do espaço canal criado pela infraestrutura. Serão ainda criados novos parques de estacionamento automóvel e respetivas ligações à malha viária existente, para restituir lugares suprimidos pelo alargamento da infraestrutura e melhorar a oferta para atender à maior procura.

7,4
km

Linha do Douro e Minho

Estação
Rio Tinto

Apeadeiro
Águas Santas

Este projeto inclui a execução de 20 estruturas de suporte de terra com uma extensão total de cerca de 3.100m, 12 passagens superiores e inferiores (pedonais e rodoviárias), 1 viaduto ferroviário com 120 m de extensão, 4 passagens hidráulicas, a remodelação integral da estação de Rio Tinto e do Apeadeiro de Águas Santas e a construção de um parque de estacionamento com 264 lugares e respetivo interface com a estação.

A arquitetura e paisagismo foram desenvolvidos pelo arquiteto Paulo Calapez, do gabinete Castro Calapez Arquitectos. O GEG foi responsável pela coordenação e pelo ambiente e todas as especialidades de engenharia (geotecnia, estruturas, MEP, serviços afetados, expropriações).

Estação de Rio Tinto – Passagem Inferior Pedonal (esq.) e Parque de estacionamento (dir.)

Estação de Rio Tinto – Alçado Nascente

Perspetivas da Estação de Rio Tinto – Nascente (esq.) e interior da Passagem Inferior Rodoviária (dir.)

Apeadeiro de Águas santas – Passagem Superior Pedonal e ligação ao parque de estacionamento
Factos
Created with Sketch. Ano: 
2019-2021
Created with Sketch. Cliente: 
IP - Infraestruturas de Portugal
Created with Sketch. Serviços: 
LOCALIZAÇÃO
Ermesinde, Portugal
Scroll Up