Riscos naturais

Riscos naturais

Os riscos naturais, quer se tratem de riscos geológicos (sismos e acidentes geológicos e geotécnicos) ou riscos climáticos (cheias, secas, ciclones e incêndios) foram sempre uma ameaça relevante ao longo da história do homem, que condicionavam a escolha dos locais das povoações e das rotas de tráfego. Os desastres surgem do encontro dos extremos naturais ou populacionais com o ambiente construído.

Nas últimas décadas estas ameaças tornaram-se mais graves, devido à rapidez de construção e ocupação de áreas, sem o necessário tempo que permita um conhecimento e avaliação dos riscos e definição de possíveis ações de controlo e mitigação, mas também pela questão das alterações climáticas e do aumento da frequência dos eventos extremos, que são hoje uma realidade.

O GEG desenvolve estudos e mapas que permitem identificar e categorizar os riscos naturais, tornando-se ferramentas importantes de suporte à decisão. Como por exemplo, os mapas de risco geológico e geotécnico, cujo principal objetivo é serem uma ferramenta de suporte à decisão em termos de priorização das zonas a serem intervencionadas. Ao mesmo tempo são definidas estratégias de intervenção e análises de viabilidade.

Ao nível da conceção de estruturas ou infraestruturas deve ser utilizada uma abordagem que contemple os múltiplos riscos existentes ao longo do seu ciclo de vida. É notável, do ponto de vista da ação do sismo, o desenvolvimento na realização de estruturas e infraestruturas resistentes a terramotos, mas também de realização de estudos de planeamento que analisam o comportamento da resposta de uma cidade em caso de eventos extremos.

Serviços
Created with Sketch. Ambiente & Sustentabilidade
Created with Sketch. Riscos & Segurança
Created with Sketch. Risco geológico e geotécnico
Created with Sketch. Gestão de risco de cheias
Created with Sketch. Análise sísmica e dinâmica
Scroll Up